Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

A lei da vantagem
Cadastrado em: 31/7/2012

Tamanho da letra

Por mais que tentem dizer que os postulantes a cargos eletivos que não tiveram necessidades de abandonarem o cargo não leva vantagem, ninguém acredita nessa possibilidade. Ora, se um prefeito, candidato à reeleição, tiver a oportunidade de fazer sua propagandinha particular, certamente que não titubeará em aproveitar a oportunidade que tem às mãos. E assim, está acontecendo em alguns municípios. Tem prefeito por aí que deixou de realizar obras praticamente durante todo o seu mandato, de repente começou a fazer alguma coisa. São essas coisas que irritam qualquer cidadão coerente. Lástima que a lei eleitoral não prevê nada nesse sentido. Pelo contrário, até protege esses candidatos. Aqui na região serrana, têm municípios que apresentam excelentes arreecadações. E, os prefeitos desses municípios, não todos, é claro; porém, tem certo chefe de Poder Executivo Municipal que está aproveitando o momento de campanha eleitoral para fazer propaganda em benefício próprio. Passar, praticamente quatro anos sem nada realizar, e, de uma hora para outra coloca a máquina em funcionamento: é saneamento básico,  no perímetro urbano, cascalhamento em estradas da zona rural,  pavimentações de vias públicas, calçamentos de ruas, atendimentos nas áreas sociais, transportes de  pacientes, compras de remédios, etc. Essas coisas, ninguém fiscaliza, até porque, não há como apontar as irregularidades. No entanto, que tem prefeito candidato à reeleição aproveitando da oportunidade que a  máquina administrativa proporciona, isso tem. E, ninguém pode negar. São essas e outras falhas da Justiça Eleitoral que deviam ser corrigidas, e não foram. A bem da verdade, todo postulante a cargo eletivo que está no exercício do poder e tenta uma reeleição deveria, ser obrigado a pedir licenciamento da função. Afinal, vantagem para uns e desvantagens para outros, isso é lei? Claro que não. No entanto, fiquem de olho.

Fonte: Jornal O Palanque

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas