Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Governo inicia reforma de um dos prédios mais antigos de Lages
Cadastrado em: 8/8/2012

Tamanho da letra

| Lages |

A quarta-feira, 8, marca o começo da reforma no prédio tradicionalmente conhecido como Colégio Rosa. O Governo do Estado irá transformar a estrutura que durante quase um século serviu como educandário em um centro cultural. Uma construtora contratada pela secretaria de Desenvolvimento Regional de Lages irá substituir toda a cobertura (telhado e alicerces). As telhas serão de cerâmica, para que o padrão original do prédio tombado pelo patrimônio histórico estadual seja mantido. O investimento será de R$ 324 mil.
A reforma será iniciada pela cobertura por sugestão da empresa que está executando o projeto que servirá como base para a as etapas posteriores. A arquiteta Vanessa Pereira explica que grande parte dos problemas estruturais de uma edificação tem origem a partir de infiltrações de água provenientes do telhado. “Uma cobertura bem estruturada é sinônimo de segurança para o restante das obras”, argumenta.
O prazo para o conclusão da restauração da cobertura é de quatro meses. O secretário regional Jurandi Agustini acredita que o edital para a reforma geral será lançada logo após o vencimento desta etapa. “O projeto arquitetônico está quase pronto, e assim que tivermos com ele em nossas mãos providenciaremos a licitação para que o processo ganhe agilidade”, diz o secretário.

Como ficará o centro cultural

O prédio ganhará um elevador para garantir acessibilidade aos três pavimentos. O subsolo terá três salas. Duas delas servirão para recreações infantis, e a outra será usada para aulas de música. O primeiro piso terá duas salas destinadas a aulas de dança, e outras duas a exposições de obras de arte. E o segundo piso terá dois auditórios, uma oficina de artes, o museu da escola Vidal Ramos, e espaços para leitura, acesso a internet e prática de jogos de mesa. No espaço externo, será implantado um bistrô com comidas típicas da região, além de uma sala para a comercialização de artesanatos produzidos por artistas locais e um cinema para aproximadamente 50 pessoas.

Fonte: Fábio Ramos - Assessoria de Imprensa

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas