Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Governador Raimundo Colombo autoriza licitação para obras na SC 390
Cadastrado em: 18/1/2013

Tamanho da letra

| Serra Catarinense |

O processo licitatório para a restauração de parte da rodovia SC 390, que liga Santa Catarina ao nordeste do Rio Grande do Sul, já está em andamento. O governador Raimundo Colombo e o secretário da Infraestrutura, Valdir Cobalchinni, lançaram o edital nesta quinta-feira, 17, no município de Capão Alto. O Governo do Estado investirá R$ 30,5 milhões para melhorar a capacidade de tráfego nos 32 quilômetros que interligam a BR 116, Capão Alto e Campo Belo do Sul. A obra faz parte do Pacto por Santa Catarina, e os recursos foram financiados pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). O processo de licitação durará aproximadamente 100 dias. Posteriormente, o Departamento de Infraestrutura (Deinfra) emitirá a ordem de serviço, e os trabalhos iniciarão.
“Uma das primeiras ações que planejei para a região foi restaurar essa estrada, mas não havia projeto, e tivemos que enfrentar um longo processo burocrático. Foram 15 meses até chegarmos nesse ponto. Mais uma etapa está sendo vencida, e em breve as máquinas estarão na pista”, disse o governador.
Além da revitalização da camada de asfalto e da substituição de toda a sinalização, estão previstas alterações que tornarão o trecho mais seguro.  O secretário da Infraestrutura, Valdir Cobalchini, usou um vídeo para mostrar o novo projeto. Dez curvas consideradas perigosas serão retraçadas, faixas adicionais serão inseridas em quatro quilômetros de subidas acentuadas, e os municípios de Capão Alto e Campo Belo do Sul ganharão travessias urbanas. O projeto contempla ainda 36 paradas de ônibus com abrigos de passageiros e quatro interseções. “A infraestrutura do Estado está sendo modernizada, e a Serra é a fronteira do desenvolvimento. Entregaremos a população mais uma estrada moderna, que ajudará a região a se fortalecer”, destacou Cobalchini.
O caminhoneiro Plínio Tobias, que mora em Campo Belo do Sul e trafega todos os dias pelo trecho transportando animais de abate, recebeu com euforia a informação de que o processo de restauração está se encaminhando. “O asfalto é ruim e algumas curvas exigem freadas bruscas, e o desgaste dos pneus e das pastilhas de freio é grande. Quando as obras forem concluídas, os gastos com manutenção irão diminuir”, ressalta.
No início do século passado, a SC 390 era uma modesta trilha aberta por desbravadores, que dava acesso a alguns distritos de Lages. Com o passar dos anos, as comunidades foram se desenvolvendo, e passagem de bois, cavalos e veículos motorizados foi dando um novo formato a estrada. As municipalizações começaram nos anos 60, e alguns anos mais tarde, o asfalto chegou ao trecho que agora será recuperado. Os 40 quilômetros que ligam Campo Belo do Sul a Pinhal da Serra – na divisa com o Rio Grande do Sul – passando por Cerro Negro e Anita Garibaldi, foram asfaltados na década passada, em um traçado modernizado.
A estrada é o vetor que dá sustentação a uma das mais belas e importantes microregiões da Serra, a Região dos Lagos. Ela liga Santa Catarina ao Rio Grande do Sul, passando pela usina de Barra Grande – que fica no leito do Rio Pelotas –, que gera energia para mais de 300 mil pessoas. O agronegócio é a principal atividade econômica dos municípios que ficam as margens da rodovia, que é utilizada diariamente para o escoamento da produção de madeira, grãos e carne.
O secretário de Desenvolvimento Regional de Lages, Jurandi Agustini, acredita que a remodelação do trecho irá colocar a microrregião no mapa do turismo. “A Serra Catarinense é muito extensa, e a atividade turística é mais desenvolvida em outros pontos, mas a Região dos Lagos concentra muitas belezas naturais, e poderá ser melhor explorada”, diz Jurandi.

Fonte: Fábio Ramos - Assessoria de Imprensa

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas