Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Investimentos no campus de Lages da Udesc somam mais de R$ 10 milhões
Cadastrado em: 13/6/2013

Tamanho da letra

| Lages |

O Governo de Santa Catarina está investindo R$ 10,5 milhões na construção de três prédios no Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), em Lages. São aproximadamente 12 mil metros quadrados que melhorarão a estrutura do campus universitário da Udesc, beneficiando mais de mil acadêmicos de diferentes cursos. 
“O CAV é responsável pela qualificação técnica de pessoas interessadas em atuar em áreas de extrema relevância para a Serra Catarinense, e as estruturas que estão sendo construídas melhorarão ainda mais as condições da universidade”, diz o secretário de Desenvolvimento Regional, Gabriel Ribeiro, que hoje pela manhã visitou as obras.
Orçado em R$ 2,2 milhões, o novo prédio do curso de Engenharia Ambiental está quase pronto. Falta apenas à instalação da parte elétrica, etapa essa que já foi iniciada. O mobiliário está sendo licitado, e a estrutura deve ser inaugurada no início do próximo ano. A ordem de serviço foi assinada pelo governador Raimundo Colombo em meados de 2011. São nove laboratórios, sete salas de aula e dezessete dependências administrativas que atenderão as demandas dos cursos de graduação e pós-graduação.
Outra obra que está em fase final é o laboratório de Biotecnologia, que será utilizado pelos acadêmicos de pós-graduação, mestrado e dourado em Produção Vegetal. O investimento é de R$ 1,9 milhão. “O laboratório contribuirá para que a realização de pesquisas pioneiras”, ressalta o diretor do campus, Claimon Dias.
Os trabalhos no novo prédio do curso de Engenharia Florestal estão sendo retomados. A obra foi iniciada em dezembro do ano passado, com recursos do tesouro estadual, já que o valor do empréstimo referente à obra que o Governo fez junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento do Extremo Sul (R$ 6,7 milhões) demorou a ser liberado devido a entraves burocráticos. Com a situação normalizada, a empresa que venceu a licitação está se organizando para dar andamento ao cronograma.

Fonte: Fábio Ramos

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas