Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Projeto ensina estudantes da região a desenvolver softwares
Cadastrado em: 12/12/2013

Tamanho da letra

| Lages |

Um projeto desenvolvido para estimular a criatividade das crianças por meio da linguagem de programação virtual está sendo implantando nas escolas da região. Baseado na criação de softwares, o curso já foi aplicado aos alunos das séries iniciais da escola Vidal Ramos Júnior, e a SDR irá expandi-lo para outras instituições de ensino no próximo ano.
O Governo do Estado já liberou R$ 141 mil para a execução do projeto, elaborado pela Uniplac.  Aproximadamente cinco mil estudantes serão alcançados. Os recursos são da Fundação de Amparo a Pesquisa e Inovação (Fapesc). “Trata-se de um grande passo no processo de modernização do ensino. A ideia nasceu aqui na Serra, e poderá servir de modelo para Santa Catarina e até para o Brasil”, diz o secretário de Desenvolvimento Regional, Gabriel Ribeiro.
O nome – Programando o Futuro – sugere o principal objetivo de seus idealizadores: mostrar as vantagens que o setor de Tecnologia da Informação (TI) oferece. “É o mercado que mais cresce no mundo, e a procura por profissionais capacitados só aumenta. Nossa meta é fazer com que as crianças vejam o mundo virtual como uma possibilidade para o futuro”, diz o professor de Sistemas de Informação e Engenharia da Uniplac, Rafael Gattino.
Segundo ele, a participação dos pais é fundamental no processo. “A opinião deles faz a diferença nas escolhas dos filhos, e é importante que eles saibam que o setor é vasto e remunera bem”, conclui.
Felipe Medeiros (12), que participou do projeto piloto na escola Vidal Ramos Júnior, criou um jogo utilizando a linguagem Scratch. Por estar baseada no compartilhamento de rede, a ferramenta ajuda as crianças a trabalharem de forma colaborativa, buscando criativamente e de forma sistemática a solução de problemas.

Fonte: Fábio Ramos

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas