Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Não é o evento que se esperava
Cadastrado em: 29/6/2014

Tamanho da letra

Transcorre em Lages a 26ª Festa Nacional do Pinhão. O primeiro evento realizado de forma semi privatizado. O certo é que o público não aderiu muito a  essa situação inovadoura, que diga-se de passagem, é o que já deveria ter sido feito desde as primeiras festas. Quem sabe, hoje, o resultado seria outro, e nem mesmo haveria a participação da Prefeitura Municipal  de Lages, ou melhor, oferecendo apenas os serviços essenciais. Até porque, promover festas não é função do poder público. O certo é que, mesmo privatizada, a Festa Nacional do Pinhão, em sua 26ª edição, não empolgou a todos. A escassa presença de público, se comparada ao ano anterior, é notória. Há quem contesta, fazendo outras colocações, inusitadas e fantasiosas. Dizem que, um dos motivos da ausência de público está, em primeiro lugar, as contratações dos show’s artísticos, de péssimo gosto. Alguns artistas, tem seus valores e dons naturais, não se pode negar. Outros, se não fossem os arranjos eletrônicos seriam insuportáveis suas apresentações. Por outro lado,  os preços dos ingressos estiveram longe, muito longe dos bolsos e economias da maioria dos lageanos. E, mais uma vez, ficou comprovada que a Festa Nacional do Pinhão não é mesmo dos serranos, e sim dos turistas que por Lages passam ou visitam a região na época do inverno. Pobres lageanos, fazem festa na sua terra, arrecadam dinheiro, levam os recursos para outros pagos, restando depois da ressaca a crise financeira e o desprazer de mais uma vez não ter tido a oportunidade de participar de um evento que é realizado todos os anos em homenagem ao Pinhão, o fruto natural da terra da população que, nem sequer tem o direito de participar de uma festa temática. Fica comprovada assim o que diz o que diz a maioria: “a Festa do Pinhão não é dos lageanos”. É uma pena!!!!

Fonte: Jornal O Palanque

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas