Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Burocracia do INSS dificulta vida de segurados
Cadastrado em: 30/4/2010

Tamanho da letra

O Palanque quer ocupar este espaço para falar de um assunto que incomoda  muita gente no Brasil: a burocracia do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Vira e mexe têm-se notícias de segurados que, na hora de requerer o auxílio-doença, encontra uma série de dificuldades para conseguir o benefício. Tem também aqueles que aguardam uma infinidade para obter a aposentadoria.
Em Lages e região, como em outras regiões do país, há vários casos como estes. O problema é que, na hora de conseguir o auxílio, o segurando depara-se com um emaranhado burocrático envolvendo avaliações, papeladas e viagens constantes às agencia do INSS.  Para conseguir provar que está doente, o segurando precisa encarar diversas situações e um verdadeiro teste de paciência. Necessita, em muitos casos, da boa vontade do perito do órgão.
Entende-se que para evitar o calvário que alguns segurados encontram no INSS, é preciso que o governo crie normas práticas e eficazes de atendimentos, objetivando um atendimento justo e humano. Não se pode aceitar que o contribuinte tenha que encarar infinitos obstáculos na hora de conseguir sua mísera aposentadoria. Pior saber que, enquanto isso, o governo muitas vezes facilita a vida de muita gente, dando privilégios inexplicáveis a alguns abastados, como a concessão de aposentadoria gorda à juíza que de forma irresponsável permitiu com que uma adolescente ficasse presa em meio a bandidos numa cadeia do Nordeste tempos atrás, cujo caso ganhou repercussão Nacional.
Portanto, está na hora de o governo parar de tratar com desdém o contribuinte comum e, por outro lado, dar privilégios a membros da elite, como no caso da juíza.

Fonte: Jornal O Palanque

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas