Artigos
Câmara de Bocaina do Sul
Câmara de Campo Belo do Sul
Câmara de Cerro Negro
Câmara de Otacílio Costa
Câmara de Rio Rufino
Câmara de São José do Cerrito
Câmara de Urubici
Câmara de Urupema
Câmara do Painel
Coluna DR.Manoel
Cultura
Editais
Editorial
Educação
Esportes
Estamos de Olho
Fique Sabendo
Geral
Meio Ambiente
Negócios
O Tema é...
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Trânsito
 

Ceron diz que a região precisa investir mais na agricultura familiar
Cadastrado em: 1/5/2010

Tamanho da letra

Serra Catarinense

Ao fazer uma analise de sua passagem pelo Governo do Estado, o ex-secretário de Agricultura Antônio Ceron diz que, apesar de todos os investimentos feitos no setor durante sua gestão, é necessário que os governos promovam maior investimento na agricultura familiar, até mesmo para criar condições para que o produtor continue no campo, evitando o êxodo rural, que tirou muita gente do setor nos últimos anos. Além disso, ele defende maiores investimentos na produção de alimentos, no agronegócio e na atividade leiteira. 
“Durante o período em que estive à frente da secretaria, tive o privilégio de conhecer a realidade e a importância da agricultura em todo o Estado. Na Serra, ao contrário do que muita gente pensa, a atividade que mais predomina é a agricultura familiar. Só para se ter uma ideia, temos aqui cerca de 22 mil pequenos produtores. Dessa forma, precisam criar, cada vez mais, condições para que essa gente continue no campo, fazendo da agricultura uma atividade rentável”, destaca Ceron, que agora está deputado na Assembleia Legislativa.
Ele lembra que, como deputado, quer continuar contribuindo e estimulando os municípios a criarem condições para fortalecer a agricultura. O principal foco é prosseguir com os investimentos fazendo do trabalho agrícola uma atividade rentável e evitando o êxodo rural. “Nos últimos 10 a 20 anos, a região é que mais perdeu em termos de população. Hoje, é comum vermos pessoas da região morando em Blumenau, Balneário Camboriu ou Florianópolis”, conta, lembrando que em Lages, cerca de apenas 2% dos habitantes vivem no campo.
Na opinião de Ceron, o crescimento econômico da região passa prioritariamente por maior investimento na produção de alimentos, no agronegócio e no incremento da atividade leiteira. “Hoje eu tenho a convicção de que esse é o segredo para que a região se desenvolva mais”, resume. “Continuar criado políticas públicas para incrementar a agricultura é um dos nossos desafios”, finaliza.

Fonte: Jornal O Palanque

Compartilhe esta página: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no MySpace

 

Nome:
E-mail:
 
 
ANO 13 - Nº 164 - SETEMBRO / OUTUBRO 2014
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas scarpe Tacchi Scarpe da donna Scarpe Scarpe Adidas adidas Scarpe Scarpe Scarpe hogan oakley nike air presto new balance nike air max adidas Scarpe nike free
Todos os direitos reservados à Jornal O Palanque - Produzido por WLSistemas
nike shox hogan scarpe calcio Tiffany christian louboutin Scarpe Adidas superstar Scarpe Reebok Adidas Scarpe nike sb Scarpe nike air force air jordan adidas